Factores de risco na gravidez

Ir em baixo

Factores de risco na gravidez Empty Factores de risco na gravidez

Mensagem  Mestre da Culinária em Ter 11 Mar 2008, 15:36

Factores de risco na gravidez

Na alimentação da grávida, há algumas substâncias que devem ser evitadas a fim de não prejudicar a saúde e o bom desenvolvimento do feto. Saiba quais os conselhos a este respeito da dietista Cláuia Viegas.

Riscos do álcool e do café

O álcool (tal como o tabaco) reduz a fertilidade tanto do homem como da mulher, possivelmente porque danifica os óvulos ou porque reduz a capacidade do espermatozóide de penetrar no óvulo.

O consumo de álcool durante a gravidez aumenta os riscos de aborto, de nascimento de crianças mortas e de morte na primeira infância. Beber quantidades excessivas de álcool durante a gravidez (ou mesmo de uma só vez com uns copos a mais pouco depois da concepção) pode resultar no nascimento de um bebé com síndroma fetal alcoólica (anormalidades físicas e mentais).

Não há nenhum nível seguro de consumo de álcool durante a gravidez. As bebidas excitantes e as bebidas alcoólicas, sobretudo as destiladas, as fermentadas e as de grau alcoólico mais alto, devem ser evitadas.

Não se esqueça: Enquanto estiver grávida, a mulher não deve ingerir nenhuma bebida alcoólica. A ideia de que a cerveja é útil para aumentar a produção de leite parece não ter qualquer fundamento.

Em relação ao café, têm-se observado defeitos congénitos em ratos fémeas grávidas que foram submetidas a uma dieta que continha cafeína. Ainda assim, não foi demonstrado que esta substância fosse tóxica para o feto humano. Sabe-se apenas que esta atravessa a placenta e que pode ser nocivo.

O FDA (Food and Drug Administration) recomenda que as grávidas se abstenham de ingerir cafeína, ou então que façam o seu consumo com moderação. Também a MDF(March of Dimes Foundation) recomenda, às grávidas e às mulheres que podem ficar grávidas de um momento para o outro, que reduzam o consumo de cafeína para um máximo de 444 mg diários.

Não se esqueça de que não são só os alimentos à base de café que contêm cafeína. Esta substância pode encontra-se também no chá, no cacau e nas bebidas de cola.

Estima-se que a quantidade de cafeína por chávena é a seguinte:

Alimento
Quantidade de cafeína por chávena

Café
74 mg

Chá
32 mg

Cacau
13 mg

Refrigerantes à base de cola
32 mg


Riscos da alimentação vegetariana

Uma alimentação vegetariana bem planeada, composta de queijo, leite, ovos, cereais, frutos secos, legumes e fruta, pode constituir uma alimentação adequada para uma gravidez saudável. A mulher vegetariana deve falar com o médico para se certificar de que está a ingerir todos os nutrientes de que precisa.

Uma alimentação que exclui todos os produtos de origem animal, como a carne, o peixe, os produtos lácteos e os ovos, levanta numerosas questões em nutrição, no que diz respeito à possibilidade da má nutrição na mulher grávida em particular.

Uma alimentação exclusivamente vegetariana apresenta carência em proteínas animais, a qual se vai reflectir numa carência de aminoácidos essenciais e num aporte insuficiente em cálcio, ferro, zinco, vitamina B12 e B2.

Para evitar esta carência proteica é importante explorar as proteínas vegetais, combinando-as sensatamente com outros alimentos.

As necessidades de cálcio, que aumentam durante a gravidez e o aleitamento, não podem ser garantidas sem o aporte de leite e lacticínios. A mulher que faz uma alimentação exclusivamente vegetariana deve consultar um dietista para que este, através de um inquérito alimentar rigoroso, determine se existe necessidade suplementar de vitaminas e sais minerais e se sim, quais as quantidades.
Mestre da Culinária
Mestre da Culinária
Moderador

Mensagens : 535
Data de inscrição : 03/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum