O RENASCIMENTO

Ir em baixo

O RENASCIMENTO Empty O RENASCIMENTO

Mensagem  Mestre da Culinária em Ter 11 Mar 2008, 21:04

Nos tempos do Renascimento, o mapa do vinhedo europeu coincidia aproximadamente com o atual. Com a colonização e a expansão do cristianismo a viticultura chegou aos os países do ultramar: América de Sul, México, Califórnia, África do Sul, e em alguns, como na Argélia, tomou novo impulso. Nesta, como em todos os países muçulmanos, havia sido travada pelos preceitos do Corão, que proibiam aos crentes o consumo de bebidas alcoólicas. Doze séculos depois de Maomé, a Argélia encontrava-se à altura dos principais países vinícolas do mundo.


Entre as numerosas vicissitudes que marcaram a historia da vinha e do vinho, figuram como
Filoxera
Insecto e ovos
as de maior importância a enfermidades e os parasitas de procedência americana importados nos meados do século XIX, onde se destaca a filoxera, que é um piolho microscópico que ataca a raiz da videira, literalmente sugando a vida da planta. Esta peste, originária do sudeste dos Estados Unidos, de alguma maneira entrou na França no ano de l860 e, até ao fim do século 19 já tinha destruído 2/3 dos vinhedos europeus.
Porém, como sempre, o génio e a perseverança dos homens se sobrepuseram a estas contrariedades. Actualmente os métodos de vinificação alcançaram um grau de perfeição quase científico. Em época de voos espaciais e da ciência nuclear o vinho conserva todo o seu prestígio. Intimamente vinculado às origens da nossa civilização, constitui um de seus desenvolvimentos mais importantes e pacíficos. E ainda continua sendo a mais nobre das bebidas.
Mestre da Culinária
Mestre da Culinária
Moderador

Mensagens : 535
Data de inscrição : 03/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum