A região demarcada do Douro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A região demarcada do Douro

Mensagem  Mestre da Culinária em Qui 13 Mar 2008, 13:04

REGIÃO DEMARCADA DO DOURO

Embora nem todos o sabem fazem parte da Região Demarcada do Douro as propriedades que foram de D. Maria Angélica de Sousa Pinto Barroso, na Freguesia de Frechas, e as da Sociedade Clemente Meneres, nas freguesias de Romeu, Avantos, Frechas e Carvalhais, do Concelho de Mirandela.

A Região Demarcada do Douro foi durante séculos produtora apenas do célebre "Vinho do Porto" sendo o vinho de mesa considerado como um produto de menor qualidade e sem interesse para a economia do Douro.

Felizmente para os amantes do vinho, esta filosofia foi alterada, passando a olhar-se o vinho de consumo aqui produzido como um produto tão nobre como o "Vinho Fino".

É de louvar o contributo dado pelas grandes marcas instaladas no Douro, para a divulgação e promoção do Vinho DOC Douro.

Com a publicação do Dec. Lei nº 1080/82 de 17 de Novembro é criada a região DOC Douro passando esta a usufruir de todos os benefícios daí resultantes.

Dos Vinhos aqui produzidos apenas cerca de 50% são destinados a vinhos de mesa, sendo os restantes destinados a "Vinho do Porto".


Situação Geográfica

Esta região abrange no distrito de Vila Real: os concelhos de Mesão Frio, Peso da Régua e Santa Marta de Penaguião e as freguesias de Alijó, Amieiro, Carlão, Casal de Loivos, Castedo, Cotas, Favaios, pegarinhos, Pinhõ, Sanins do Douro, Santa Eugênia, São Mamede de Riba Tua,Vale de Mendiz, Vilar de Maçada e Vilarinho de Cotas do Concelho de Alijó; as freguesias de Candedo, Murça e Noura, do Concelho de Murça; as freguesias de Celeirós, Covas do Douro, Gouvães do Douro, Gouvinhas, Paradela de Guiães, Provesende, São Cristóvão do Douro, Vilarinho de São Romão, São Martinho de Anta, Souto Maior, Paços e Sabrosa, do Concelho de Sabrosa; as freguesias de Abaças, Ermida, Folhadela, Guiães, Mateus, Nogueira, Vila Real (Nossa Senhora da Conceição), parada de Cunhos (São Pedro) e Vila Real (S. Dinis) do Concelho de Vila Real.

No distrito de Bragança: as freguesias de Vilarelhos do Concelho de Alfândega da Fé; as freguesias de Carrazeda de Ansiães, Castanheiro do Norte, Ribalonga, Linhares, Beira Grande, Seixo de Anciães, Parambos, Pereiros, Pinhal do Norte, Pombal, Lavandeira e Vilarinho da Castanheira, do Concelho de Carrazeda de Ansiães; as freguesias de Ligares, Poiares, Mazouco e Freixo de Espada-à-Cinta; as freguesias de Açoreira, Adeganha, Cabeça Boa, Horta, Lousa, Peredo dos Castelhanos, Urros e Torre de Moncorvo, do Concelho de Torre de Moncorvo; as freguesias de Assares, Lodões, Roios, Sampaio, Santa Comba da Vilariça, Vale Freixoso, Freixiel, Vilarinho das Azenhas e Seixo de Manhoses, as Quintas da Peça e das Trigueiras e as propriedades de Vimieiro, situadas na freguesias de Vilas Boas e Vila Flor do Concelho de Vila Flor; as propriedades que foram de D. Maria Angélica de Sousa Pinto Barroso, na Freguesia de Frechas, e as da Sociedade Clemente Meneres, nas freguesias de Romeu, Avantos, Frechas e Carvalhais, do Concelho de Mirandela.

No distrito de Viseu: as freguesias de Armamar, Aldeias, Fontelo, Santo Adrião, Vacalar e Vila Seca, do Concelho de Armamar; as freguesias de Valdigem, Sandes, Penajóia, Parada do Bispo, Cambres, Samudães, Ferreios de Avões, Figueira, Santa Maria de Almacare e Sé e as Quintas de Fontoura, do Prado e as Várzeas, na freguesia de Várzea de Abrunhais, do Concelho de Lamego; a freguesia de Barrô, do Concelho de Resende; as freguesias de Casais do Douro, Ervedosa do Douro, Castanheiro do Sul, Nagozelo do Douro, Sarzedinho, Soutelo do Douro, Espinhosa, Paredes de Beira, Trefões, Vale de Figueiras, Valongo dos Azeites, Várzea de Trevões, Vilarouco e São João da pesqueira; as freguesias de Adorigo, Valença do Douro, Barcos, Granjinha, Desejosa, Távora, Pereiro, Sendim, Santa Leocádia e Tabuaço, do Concelho de Tabuaço.

No distrito da Guarda; o Concelho de Vila Nova de Foz Côa; a freguesia de Escalhão, do Concelho de Figueira de Castelo Rodrigo; as freguesias de Longroiva, Poço do Canto, Fontelonga e Meda, do Concelho de Meda.


Solos / Vinhedos

Os solos são compostos por xistos do câmbrico e pré-câmbrico ricos em potássio e pobres em matéria orgânica, e uma pequena camada de terra argilosa.

A vinha é tradicionalmente plantada em terraços ou socalcos e mais recentemente graças às novas tecnologias apareceu o chamado plantio ao alto o que facilita todo o trabalho de produção, mas vem alterar profundamente a paisagem característica do "Douro".

A vinha é conduzida em bardos ou cordões aramados ou não.

Castas Brancas : Arinto, Boal, Cerceal, Donzelinho Branco, Esgana Cão, Folgazão, Verdelho, Malvasia Corada, Malvasia Fina, Rabigato, Branco sem Nome, Dona Branca, Fernão Pires, Malvasia Parda, Rabo de Ovelha e Viosinho.

Tintas :Bastardo, Cornifesto, Donzelinho Tinto, Malvasia Preta, Mourisco Tinto, Periquita, Rufete, Tinta Amarela, Tinta da Branca, Tinta Barroca, Tinta Francisca, Tinta Roriz, Tinta Cão, Touriga Francesa, Touriga nacional, Alvarelhão, Souzão, Tinta Carvalha e Touriga Brasileira.
avatar
Mestre da Culinária
Moderador

Mensagens : 535
Data de inscrição : 03/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum